A Associação de Enfermeiros Especialistas em Enfermagem Médico-cirúrgica (AEEEMC) face ao crescimento exponencial da pandemia do COVID-19, vem por este meio demonstrar todo o seu apoio aos profissionais de saúde que se encontram nas mais diversas áreas de atuação. A todos os profissionais de enfermagem a exercerem funções no Pré-Hospitalar, Serviços de Urgência, Serviços de Internamento Médico-Cirúrgicos, Serviços de Especialidade, Blocos Operatório, Unidades de Cuidados Intensivos, Unidades de Cuidados Continuados, Unidades de Cuidados Paliativos e Diálise é exigida uma resposta eficaz, com necessidades de reunir esforços para garantir a proteção dos profissionais e das pessoas que necessitam de cuidados.

A AEEEMC tem conhecimento, pelos seus associados, de graves problemas identificados não só a nível Hospitalar como também nos Cuidados de Saúde Primários, como sejam, a falta de equipamento de proteção individual básico (máscaras, batas de proteção, luvas) bem como de materiais essenciais para a quebra da cadeia de transmissão da infeção, tais como, soluções de base alcoólica. Verificou-se ainda que os enfermeiros com competências acrescidas em Diálise se vêm retidos nos hospitais para reforço dos serviços. A falta destes profissionais nas mais de 100 Unidades de Diálise convencionadas do país, poderá levar à rutura das Unidades de Diálise com consequências graves para os doentes do SNS, que ficarão privados do seu tratamento ou com graves limitações no cumprimento da sua qualidade. Estes doentes, descompensados, irão recorrer aos Serviços Pré-Hospitalar e de Urgência, aumentando a afluência que neste momento já ultrapassa a capacidade de resposta.

Urge concretizar esforços conjuntos entre Instituições de Saúde, Ordens Profissionais, Empresas e Ministério da Saúde, para que se possam munir os profissionais de saúde com os meios eficazes de combate à pandemia e para que os Enfermeiros essenciais em áreas de Suporte Vital possam ser eficazmente distribuídos. A AEEEMC está disponível para reunir e trabalhar soluções que possam
contribuir para a proteção efetiva dos nossos profissionais de saúde e dos doentes!

Apelamos, neste momento excecional, para a garantia da segurança dos nossos profissionais e dos doentes, reforçando a necessidade de continuidade do tratamento dos doentes em Diálise.

Em 15 de março de 2020, A Direção da AEEEMC

A AEEEMC marcou ontem presença na sessão científica inaugural do Núcleo de Enfermagem Médico-Cirúrgica (NEMC) da ULS de Castelo Branco, participando na mesa de trabalho “A Importância da criação de Núcleos de Enfermagem Médico-Cirúrgica nas instituições de saúde”.

Parabenizamos todos os colegas Especialistas em EMC da ULSCB pela sua iniciativa e união, na promoção da prática especializada e na divulgação do trabalho desenvolvido pelos Enfermeiros EEMC nesta instituição.

Excelente partilha da Enfermeira Ângela Simões sobre a “Equipa Intra-Hospitalar de Suporte em Cuidados Paliativos – a intervenção do Enfermeiro Especialista em Enfermagem Médico-Cirúrgica”!

Obrigada pelo convite João Valente, Nelson Santos e Leonel Martins Grencho.

Contamos trabalhar em prol da EMC com todos vós e com o Colégio da Especialidade em Enfermagem Médico-Cirúrgica num futuro breve.